Conteúdo
Você é um empreendedor?
25/11/2016

Você é um empreendedor?

Você já se imaginou criando algo que todo mundo precisa, mas ainda não sabe? Gostaria de ter seu negócio próprio? É um ótimo líder, criativo e busca sempre estar à frente do seu tempo? Então você é um empreendedor!


Empreendedor é o indivíduo que inicia algo novo, que vê o que ninguém vê, enfim, aquele que realiza antes, aquele que sai da área do sonho, do desejo, e parte para a ação.

Ser empreendedor significa, acima de tudo, ser um realizador que produz novas ideias através da criatividade e imaginação. Sempre está em busca de novos empreendimentos, é criativo e busca objetivar suas ideias.

Na verdade, ninguém nasce empreendedor. Tudo que você vive, suas relações pessoais, a trajetória profissional, vão moldando seus talentos, estimulando uns, bloqueando outros. Isso acontece ao longo da vida, muitas vezes ao acaso, pelas diversas circunstâncias enfrentadas.

A professora Maria Inês Felippe explicita muito bem este enunciado quando diz que: “a profissão empreendedor não é fruto do nascimento ou de herança genética, mas resultado de trabalho, talento e reserva econômica. É própria de uma sociedade capitalista liberal e de sua ideologia de sucesso individual.”

O que leva alguém a ter o próprio negócio? Em geral, as pessoas que sonham em ter o seu próprio negócio são movidas pela ambição de ganhar muito dinheiro e ser independentes. A simples ideia de estarem subordinadas a alguém as apavora.

Algumas pessoas são levadas a abrir o seu próprio negócio por motivos que, muitas vezes, são alheios às suas vontades. Tais situações abrangem exemplos de profissionais que saíram de grandes organizações com recursos econômicos significativos e que resolveram montar o seu próprio negócio; aqueles que deixaram seus empregos para se tornarem empresários e aqueles que, sem a maior pretensão, herdaram algum negócio da família.

Resumindo, um bom empreendedor é:

  • É motivado pelo desejo de realizar;
  • Corre riscos viáveis, possíveis;
  • Tem capacidade de análise;
  • Precisa de liberdade para agir e para definir suas metas e os caminhos para atingi-las;
  • Sabe onde quer chegar;
  • Confia em si mesmo;
  • Não depende dos outros para agir; porém, sabe agir em conjunto;
  • É tenaz, firme e resistente ao enfrentar dificuldades;
  • É otimista, sem perder o contato com a realidade;
  • É flexível sempre que preciso;
  • Administra suas necessidades e frustrações, sem por elas se deixar dominar;
  • É corajoso; porém, não é temerário;
  • Sabe postergar a satisfação de suas necessidades;
  • Mantém a automotivação, mesmo em situações difíceis;
  • Aceita e aprende com seus erros e com os erros dos outros;
  • É capaz de recomeçar, se necessário;
  • Mantém a auto-estima, mesmo em situações de fracasso;
  • Tem facilidade e habilidade para as relações interpessoais;
  • É capaz de exercer liderança, de motivar e de orientar outras pessoas com relação ao trabalho;
  • É criativo na solução de problemas;
  • É capaz de delegar;
  • É capaz de dirigir sua agressividade para a conquista de metas, a solução de problemas e
  • O enfrentamento de dificuldades;
  • Usa a própria intuição e a de outras pessoas para escolher os melhores caminhos, corrigir
  • A sua atuação, descobrir lacunas a serem preenchidas no mercado, avaliar a tendência e a
  • Variação dos negócios, e para escolher pessoas, sejam elas sócios, fornecedores ou empregados;
  • Procura sempre qualidade;
  • Acredita no trabalho com participação e contribuição social;
  • Tem prazer em realizar o trabalho e em observar o seu próprio crescimento empresarial;
  • É capaz de administrar bem o tempo;
  • Não busca, exclusivamente, posição ou reconhecimento social;
  • É independente, seguro e confiante na execução de sua atividade profissional;
  • É capaz de desenvolver os recursos de que necessita e de conseguir as informações de que precisa;
  • Tem desejo de poder, consciente ou inconscientemente.

 

Quer saber mais sobe o assunto? Aqui listamos uma Bibliografia sobre o assunto:

 

1- CHAGAS, Fernando Celso Dolabela. O Segredo de Luísa. São Paulo: Cultura Editores

Associados, 1999.

2- DEGEN, Ronald Jean. O empreendedor: fundamentos da iniciativa empresarial. São

Paulo: Ed. McGraw-Hill, 1989.

3- FELIPPE, Maria Inês. Empreendedorismo: buscando o sucesso empresarial. Sala do

Empresário, São Paulo,1996,v.4,n.16, p10-12 (suplemento).

 

Fonte: Sebrae DF