Conteúdo
Como lidar com as mudanças na Empresa
13/04/2017

Como lidar com as mudanças na Empresa

A palavra mudança pode trazer diferentes reações entre as pessoas, afinal, cada uma tem uma percepção. Para alguns, mudar significa ter abertura para algo novo, uma oportunidade.

Já para outros, significa colocar em risco a estabilidade: que é segura, confiável.
Quando falamos em mudanças corporativas, muitas pessoas possuem a tendência de resistir a elas, com medo de perder o emprego, cargo ou influência na equipe.

O avanço da tecnologia tem possibilitado mais conexões, acesso à informação e, consequentemente, a necessidade de manter-se sempre atualizado. Na era digital, cada vez mais as empresas buscam novas soluções e, com isso, novas estratégias e até reposicionamento das suas marcas: tudo isso para garantir a participação no mercado.

Por isso, o profissional do cenário atual deve estar preparado para lidar com essas questões a fim de garantir desde a sua permanência até o seu crescimento na organização.

A seguir, preparamos uma lista com algumas características importantes para serem desenvolvidas neste momento de mudanças:


Resiliência

Segundo o dicionário Aurélio, resiliência é a “capacidade de superar, de recuperar de adversidades”.
Ou seja, em fase de mudanças na organização, nem sempre os funcionários ficarão satisfeitos e poderão existir diversos momentos de dúvidas e dificuldades. Por isso, a habilidade de ser resiliente é tão importante. Pensar que determinada dificuldade é passageira e esforçar-se para fazer o seu melhor mesmo em um cenário que não seja aparentemente favorável são fatores que podem fazer (e muita) diferença tanto na carreira quanto na vida pessoal.


Comprometimento

O comprometimento é uma atitude fundamental para manter-se engajado com o resultado que deseja obter. Se uma grande conquista é realizada, isso se deve ao fato de que um dia alguém (ou diversas pessoas) “casou-se” com determinada causa.  Entender o que deve ser feito e pensar (e realizar) em estratégias para alcançar o objetivo proposto é uma maneira de manter o foco.


Postura

Manter a postura profissional neste momento e não levar as críticas construtivas para o lado pessoal evita muita chateação e desencontros.
Tenha paciência e analise as perspectivas.

Nessa primeira etapa, demos algumas dicas voltadas mais para os funcionários. No entanto, tão importante quanto um profissional empenhado, é o posicionamento da empresa que assume tal acontecimento. A seguir, confira também alguns pontos importantes que as organizações devem levar em consideração:


Comunicação

A transparência com as mudanças é essencial para toda empresa. Isso mantém a confiança da equipe, facilitando também a tomada de decisões. Comunicar o que está acontecendo, as pretensões, objetivos e até mesmo as dificuldades são formas de demonstrar o respeito ao profissional.


Motivação

Motivar uma equipe pode, a princípio, parecer difícil. No entanto, o incentivo ao desenvolvimento através de planos de ações e acompanhamento, são meios simples e eficientes de motivar. Ouça o que o membro da sua equipe tem a dizer. Destaque seus pontos fortes e ajude-o a alcançar os pontos de melhoria.


Acesso informatizado (intranet)

Muitas vezes, com a correria do dia a dia e na velocidade dos acontecimentos, mesmo tendo as melhores intenções para com a equipe, pode ocorrer a falta de informações.

Para evitar isso, o ideal é que as empresas tenham também seu canal interno de comunicação, no qual os funcionários podem acompanhar os detalhes, abrindo espaço para envio de dúvidas e sugestões.

É importante ressaltarmos também que o fator da revolução digital e avanço da tecnologia geraram uma nova forma e ritmo de comunicação, o que tem contribuído para as mudanças e modelos de negócios.

 

Bibliografia

https://pt.wikipedia.org/wiki/Resili%C3%AAncia_(psicologia)